IGC Odontologia

Inicial Facebook Instagram

Artigos

Halitose: um problema que você pode evitar

A halitose, ou mais conhecida pelo termo “mau hálito”, é um problema que atinge praticamente todas as pessoas. No Brasil, 40% dos habitantes sofrem de halitose crônica e 90% sofrem eventualmente de mau hálito. As suas causas são várias, como estresse, mudança de hábitos alimentares, higiene oral incorreta, ingestão inadequada de água, tabagismo, etc. Mesmo que você tenha balas, chicletes ou produtos específicos que disfarcem o mau hálito, existem atitudes mais eficazes que fazem com que o problema desapareça ou seja ao menos controlado e diminuído. Veja quais são estas atitudes:

Mantenha boa higiene bucal – Nunca esqueça de escovar os dentes depois de cada refeição e usar fio dental diariamente, um enxaguante bucal sem álcool também pode ser usado após a escovação. Isso ajuda a reduzir as bactérias que causam o mau hálito dentro da boca.

Beba bastante água – A sua boca pode ficar bastante seca durante o dia e depois de acordar, o que ocasiona uma produção menor de saliva. Assim, o mau hálito pode ficar mais forte. A recomendação mais simples é beber muito líquido para manter a região sempre úmida e hidratada.

Mude seus hábitos alimentares – Alimentos como carne vermelha, curry, cebola, pimenta, alho, bebidas como café, bebidas alcoólicas e refrigerantes são conhecidos por mudar o odor do nosso hálito. Especialistas recomendam a ingestão de mais vegetais, frutas e ervas, como salsão, gengibre, hortelã, cenoura, maçã, laranja e salsinha, pois seu alto teor de água ajuda a limpar os resíduos da boca. Faça refeições regulares, a cada 4 horas, dando preferência a alimentos fibrosos, pois estimulam a produção de saliva.

Se livre do estresse – O estresse libera hormônios como adrenalina e cortisol, que impedem o bom funcionamento das glândulas salivares e aumenta a saburra lingual. Uma forma de se evitar o mau hálito é aliar uma alimentação saudável com exercícios físicos regulares e uma rotina de lazer e relaxamento, para baixar os níveis de estresse. Pratique esportes como natação, yoga e corrida.

Não Fume – O tabagismo é um dos maiores causadores do mau hálito. Além de trazer diversos problemas para nosso organismo, também pode trazer problemas sérios aos dentes e à gengiva. Os fumantes são mais propensos à formação de placas, que também ajudam no mau hálito.

Visitas regulares ao dentista – O cirurgião-dentista é quem mais pode te ajudar a identificar o problema, a causa e quais os melhores tratamentos para a cura do problema. Além do mais, consultas regulares garantem limpezas que já ajudam muito na manutenção da saúde bucal. Os dentistas frequentemente retiram todo o tártaro e podem identificar prováveis doenças antes que elas fiquem piores! Por isso, marque seu horário aqui com a gente: (41) 3248-8919 ou (41) 99192-8919

Solicite uma avaliação.

Informe seus dados e solicite um agendamento.